Dinastia de Covraconde

From MicroWiki, the micronational encyclopædia
Jump to navigation Jump to search
Dinastia de Covraconde
Dnastia dCovraconde (pt ant)
200px
PaísOutra.jpg Reino da Antillia
TipologiaElectiva
TítulosRei de Antillia
Conde de Aira
Conde de Con
Soberano de Roillo
Fundado~740 AD
FundadorArcebispo de Porto-Cale
Último soberanoIllieu I Covraconde

A Dinastia de Covraconde, também conhecida como Dinastia Electiva foi a primeira dinastia do Reino da Antillia após o reinado do lendário Arcebispo do Porto-Cale que a 733 AD querendo esquivar-se à dominação muçulmana, deliberou partir para a grande terra das "Sete Cidades" que os marítimos lhe asseguravam existir no meio do oceano ocidental. No ano de 734, o arcebispo, acompanhado por outros 6 prelados, aos quais se juntaram cinco milhares de fiéis, embarcou-se numa frota de vinte veleiros. Deram então de caras com a tal ilha que logo decidiram acomodar-se, queimando seus veleiros para lá permanecerem isolados dos eventos europeus. E assim a Dinastia Covraconde foi instituida, dando a liberdade aos seus cidadãos de eleger um soberano do Conselho de Estado Antilliano.

Reis da Dinastia de Covraconde

  • Arcebispo de Porto-Cale, O Pai Fundador (r. 740 - 780) - o pai fundador do Reino da Antillia, contudo sua existência pode ou não tratar-se de uma lenda romantista.
  • Turismundo I Covraconde, O Covraconde (r. 780 - 835) - foi o rei que deu o nome à Dinastia, seus atos de administração tornaram-no numa peça importante na história antilliana.
  • Turismundo II Covraconde, O Unitário (r. 835 - 839) - uniu as 7 cidades e nomeou representantes para cada uma. Morreu assassinado.
  • Turismundo III Covraconde, O Irmão (r. 839 - 888) - irmão de Turismundo II
  • Cosme I Covraconde, O Astro (r. 888 - 900) - seu nome assim como o seu cognome foi escolhido pelo seu fascínio astrológico.
  • Lopo I Covraconde, O Cavaleiro (r. 900 - 922) - investiu nas forças armadas antillianas assim como nomeando cavaleiros para a corte, daí seu cognome.
  • Mair I Covraconde, O Magro (r. 922 - 953) - rei de magreza mórbida.
  • Lopo II Covraconde, O Infeliz (r. 953 - 954) - foi assassinado, reino por apenas um ano dando entrada na Crise de 954.
  • Lopo III Covraconde, O Mão de Ferro (r. 957 - 990) - foi eleito após a crise de 954 tendo sido o combatente vencedor da mesma.
  • Illieu I Covraconde, O Egípcio (r. 990 - 1031) - foi o ultimo rei da dinastia electiva. Instituiu uma monarquia hereditária que originou grandes combates armados em instinto de revolta, contudo, a decisão foi delineada permanentemente em 1001 após seus discursos inspiratórios sobre a Linhagem Akhnothep.